Notícias

Convocatória Juventude Escolápia BH

Crise. Um vocábulo que assola constantemente a nossa sociedade. De todas as crises que nos permeiam, vim aqui falar da pior de todas, a crise de comunhão. Nunca foi tão difícil estabelecer vínculos, cultivar amizades ou simplesmente manter uma conversa olho no olho. Em tempos de redes sociais, deveríamos estar conectados como nunca, mas a realidade é que nunca estivemos tão perto e tão longe ao mesmo tempo. Estamos vivendo uma crise de relacionamento, de convivência e assim, os nossos risos são transmitidos pelo “kkk” e não com gargalhadas de verdade. Os nossos abraços e beijos são enviados por mensagem e não são mais dados pessoalmente. A crise de comunhão está tornando nossa sociedade cada vez mais narcisista e individualista. Sendo assim, convido a todos aqui presentes, principalmente os jovens crismados, a lutarem contra essa crise de uma forma bem simples, praticando o Ubuntu.

Para quem não sabe, Ubuntu é uma ética, uma filosofia africana baseada no altruísmo, na fraternidade e na empatia. Ubuntu significa: “Sou quem sou porque somos todos nós.” Uma pessoa com Ubuntu sabe que ela é afetada quando um semelhante seu é afetado e entende que o mundo não é uma ilha e que precisamos dos outros para sermos nós mesmos. Nessa perspectiva, Deus é uma pluralidade única. Ele é a comunhão plena entre pai, filho e espírito santo. Esse conceito de ser unidade plural chama a atenção e deve ser algo que devemos buscar sempre, pois seremos mais humanos se formos Um com os nossos semelhantes. Somos seres únicos, mas fomos feitos para viver coletivamente. Deve ser por isso que na oração que Jesus nos ensina ele diz que o Pai é NOSSO, ele diz que o Pão é NOSSO, quando pede livramento ele diz livra- NOS do mal. Sem dúvidas, “Nós” é uma pronome que precisamos valorizar mais em tempos de crise de comunhão. Jesus também praticou o Ubuntu. Ele sabia que uma união dotada de compaixão entre pessoas potencializaria sua missão aqui na terra e também sabia que o reino de Deus seria mais forte, mais perseverante e mais resiste se estivessem todos juntos. Com isso, ele criou seu grupo com os 12 discípulos, para evangelizar, para lhe ajudar a propagar seus princípios e acima de tudo, para viverem em comunhão com Cristo.

Hoje convido a todos os crismados e jovens aqui presentes nessa noite a também praticarem o Ubuntu. Venham participar do nosso Grupo Juventude Escolápia no ano que vem e deem continuidade a experiência de fé de vocês na igreja. Assim como a turma de Jesus e seus discípulos, somos um grupo que evangeliza, que difundi princípios divinos e principalmente, vivemos em comunhão uns com os outros e com Cristo.

Nosso primeiro encontro vai acontecer no dia 25 de fevereiro de 2018, às 10:00 no Centro Cultural, no bairro Maria Goretti. Convoco vocês a praticarem a empatia, o amor, o altruísmo e a fraternidade nessa e em outras paróquias junto com a gente. Todos unidos tornaremos o Reino de Deus ainda mais forte e fervoroso. Esperamos de verdade, por todos vocês!

Juventude Escolápia.

 

Autor: Filipe Antunes 

Referências:

http://www.ensinarhistoriajoelza.com.br/ubuntu-o-que-a-africa-tem-a-nos-ensinar/

Escolápios Brasil
Rua Armindo Batista Pereira, 13 - Fernão Dias
Belo Horizonte/MG - Brasil - CEP: 31910-400
secretariaprovincial@escolapios.org.br
55 (31) 3317-7426

Siga-nos nas redes sociais

Pesquisar