Brasil

Colégio Ibituruna

Colégio fundado em 1938, no ano que nasceu a cidade de Governador Valadares, pelos irmãos Salles. Depois de passar pela direção dos Frades Franciscanos e pela Diocese de Diamantina, em 1952, foi entregue aos cuidados dos Padres Escolápios. Hoje, acolhe alunos a partir dos dois anos, oferecendo o conjunto do ensino regular e o cursinho pré-vestibular. Junto com a dimensão pedagógica, conta com um serviço para a dimensão pastoral e espiritual. A dimensão administrativa oferece suporte para toda a ação educativa.

 


Colégio São Miguel

Colégio fundado em 1951, após a chegada dos primeiros padres escolápios ao Brasil, em julho e novembro de 1950. No início de 1951, os padres alugaram uma casa na Avenida Tocantins, hoje Av. Assis Chateaubriand, 499 e iniciaram as aulas com três turmas do Ensino Fundamental, assumindo cada padre uma turma. Depois, os padres conseguiram comprar o terreno onde se encontra o colégio, pagando, em parte, com bolsas de estudo, ao longo de trinta anos, para as famílias que venderam os terrenos. Atualmente, acolhe alunos a partir dos dois anos, oferecendo o conjunto do ensino regular e o cursinho pré-vestibular. Junto com a dimensão pedagógica, conta com um serviço para a dimensão pastoral e espiritual. A dimensão administrativa oferece suporte para toda a ação educativa.


Paróquia São Marcos

Os padres escolápios que moravam no colégio São Miguel ajudavam na periferia oferecendo serviços pastorais gratuitamente, na região onde se encontra a paróquia. No ano 1977 foi fundada a Paróquia São Marcos e em 1984 o arcebispo entregou-a aos padres escolápios. Destacou, sempre, pelas liturgias bem preparadas, o cuidado com a catequese, a formação de lideranças e o impulso com as pastorais sociais.


Paróquia Nossa Senhora das Graças

Fundada em 1958, abrangia toda a área “além do mergulhão”. Os padres escolápios que moravam no Colégio Ibituruna prestavam assistência pastoral nessa região que vinha crescendo em número de habitantes e em bairros novos que iam se formando. No ano 1974, a diocese entregou a paróquia aos padres escolápios. Além das celebrações litúrgicas, organizou-se admiravelmente a catequese para todas as idades, os círculos bíblicos, os conselhos de pastoral em cada comunidade e na paróquia como um todo, a formação de lideranças, as pastorais sociais, o dízimo e as visitações. É considerada hoje como uma das paróquias melhor organizadas e com excelente nível de vida pastoral e espiritual da região.


Paróquia São José de Calasanz

Fundada em 2008, os padres escolápios assumem como missão a Paróquia São José de Calasanz. São 10 as comunidades que funcionam como uma rede de comunidades: São Sebastião, São João Batista, Santa Luzia, Nossa Sra. das Graças e Nossa Sra. de Lourdes, no bairro Feu Rosa e  Nossa Sra. Aparecida,  Santa Rosa de Lima, Santa Clara, São Jorge e São João Batista, no bairro Vila Nova de Colares. Perante os desafios, as CEBs da Paróquia São José de Calasanz respondem com pastorais, atividades e propostas que tentam resgatar a vida do povo sofredor, sobretudo dos menores e dos mais pobres. Entre elas, destacam-se as iniciativas em favor das crianças e jovens: o Centro Social, a Catequese, a Crisma, a Pastoral da Criança, a Pastoral da Juventude, o Programa Jovens Urbanos e o Batismo. A Paróquia zela pela formação dos agentes e acolhida ao povo de Deus.

  • Projeto Pastoral Paróquia São José de Calasanz

Centro Social Itaka

Um centro social escolápio é uma obra que se orienta a partir da missão escolápia: Evangelizar educando crianças e jovens, preferentemente pobres, para transformar a sociedade. Trata-se de uma obra denominada como de “educação não formal”, que desenvolve as grandes linhas de ação da evangelização, da educação e da transformação social.

Escolápios Brasil
Rua Armindo Batista Pereira, 13 - Fernão Dias
Belo Horizonte/MG - Brasil - CEP: 31910-400
secretariaprovincial@escolapios.org.br
55 (31) 3317-7426

Siga-nos nas redes sociais

Pesquisar